twitter
    ' Siga,Futebol Da Hora :)

3 de mar de 2011

Ganhar com sofrimento ou perder merecidamente? Eis a questão.

Não pense vocês, caros amigos, que estou feliz porque o Botafogo se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil. Na verdade, o que eu estou sentindo é pânico. Pânico de ver o Botafogo jogar o resto da Copa do Brasil, pânico de ver ele jogar a Taça Rio, pânico da Sul-Americana, pânico do Brasileirão...
Me atirem pedras, mas eu digo e repito: Parem de culpar o Joel.
Tudo bem que eu sou meio suspeita pra falar, até porque, depois que vi o Joel tirando o Flamengo da zona de rebaixamento de uma maneira espetacular, virei fã de carteirinha do cara (mesmo sendo totalmente anti-flamenguista). Mas enfim... Tudo bem que todo tecnico tem um prazo de validade, mas olhem para o elenco que o Botafogo tem. Lúcio Flávio foi embora e deixou seu discípulo, popularmente conhecido como Renato Cajá, que baixou o espírito do Garrincha no jogo contra o Fluminense, na Taça Guanabara, e fim, nunca mais veremos aquilo de novo; Caio já deixou de ser talismã à séculos, e agora tá mais pra pedra no sapato; Alessandro só joga quando tá afim de voltar a ser titular...
Jogar assim não dá! Não é o Joel que joga, não é o Joel que bate penalti. Ele arma o time na retranca sim, mas é porque talvez seja a melhor ou a única opção.
E ainda tem a torcida, que além de se recusar à ir ao Engenhão, ameaça os jogadores. Isso é ridículo! Futebol é amor, não violência.
O jogo de hoje foi péssimo, concordo, e espero que com essa vitória apertada e sofrida o time veja que não dá pra continuar assim.

O que vocês acham que o futuro reserva para o Fogão? Comentem.


Artigo: Carol botafoguense

Nenhum comentário:

Postar um comentário